Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate this Page
ajudem-nos
gostaram desse novo visuall?
Sim
Não
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (3529 votos)




ONLINE
1






 

Clique-me e siga-me no Twitter

Web Site Monitorado pelo Sentinela Web

Serviço de Monitoramento Sentinela Web

 

 

 

 

 

Link112

Link112


como criar um blog

como criar um blog

 

 

 

Muitas pessoas me mandam e-mails diariamente pedindo dicas de como criar e manter um blog. Como essa é uma dúvida frequente e é difícil responder a todos, resolvi fazer um post sobre o assunto.

Bom, criar um blog é muito fácil, bastam alguns clicks: o difícil é manter o blog com conteúdo, atualizações e manter o público.

1. A escolha do nome:

A escolha de um nome para o blog é muito importante, pois você precisa levar várias coisas em consideração: tamanho, idioma, significado… O nome não precisa necessariamente ter algo a ver com o conteúdo abordado no blog, mas deve ser fácil, interessante e forte, um nome que as pessoas lembrem.

A Series Of Serendipity definitivamente não é um nome “prático” nem fácil (inclusive quando eu publiqueiesse vídeo, algumas pessoas comentaram que finalmente descobriram como se fala o nome do blog), mas é interessante. Quando criei o blog em 2010, não imaginava que ele iria crescer tanto e virar o que é hoje. Inclusive fui orientada por alguns amigos da área a trocar por um nome mais fácil, mas quando eu tentei fazer isso, leitores se manifestaram dizendo que não queriam que eu trocasse.

Algumas pessoas recomendam que os blogs brasileiros tenham nomes em português, mas eu sinceramente não vejo problema em colocar nomes usando outros idiomas (bom, afinal, o nome do meu é em inglês). Independentemente disso, cuidado pra não copiar e pra escolher um nome que lembre o de outro blog (principalmente blogs conhecidos). A criatividade é algo que sempre conta pontos ;)

Uma dica: pegue um papel e escreva todos os nomes que vierem na sua cabeça. Não se preocupe se alguns são bizarros ou não. Depois que pararem de surgir ideias, coloque a folha de lado e vá fazer outra coisa. Mais tarde, pegue a folha e comece a riscar os nomes que você não gostou até ficar com poucas opções e reflita sobre elas!

Depois de decidir o nome, para dar um ar mais profissional, você pode comprar o domínio (.com ou .com.br em sites de registro como o registro.br)! Eu só comprei o domínio www.melinasouza.com depois que o blog completou um ano e eu decidi me dedicar mais a ele.

2. O conteúdo:

Ter em mente qual é o conteúdo do blog é algo extremamente importante e facilita muito. Tire um tempo do seu dia para pensar sobre quais assuntos você se interessa, domina e tem vontade de compartilhar. Não adianta você fazer um blog sobre moda se é um assunto que você não domina, por exemplo.

Hoje em dia existem tantos blogs que é difícil (praticamente impossível), criar um com conteúdo totalmente único (que nenhum outro blog fale sobre). Por exemplo, existem milhares de blogs sobre fotografia, outros milhares sobre moda, sobre customização… mas calma! Não é porque existem outros blogs falando sobre o assunto que o seu não vai ter acessos. Você precisa encontrar algo para diferenciar o seu dos demais, algo que o torne interessante e que faça com que as pessoas se sintam bem nele.

3. Aparência:

A aparência do blog é extremamente importante, pois embora a pessoa entre para ler o conteúdo, se o blog tiver um layout muito poluído, ela não vai aguentar ficar muito tempo. É importante que o layout esteja relacionado com o conteúdo abordado e com a dona (ou dono).

Quem entende de html tem mais facilidade na hora de personalizar o layout, mas se você não entende não se preocupe: há sites que fornecem temas gratuitos e dão dicas de como personalizar. Caso tenha dinheiro para investir, você pode encomendar um layout com a Marcela, Mari ou Dani (se vocês conhecerem mais alguém que faça bem esse tipo de trabalho, pode indicar nos comentários ;)).

4. Hospedagem:

Quando comecei, criei o blog no wordpress.com. Acho que o painel dele é excelente, mas uma das limitações da conta gratuita é que eles não permitem o uso de temas que não sejam deles (é possível personalizar um pouco, mas apenas os temas fornecidos pelo wordpress). Há outras opções, comoblogger, em que é possível personalizar mais e que tem uma variedade maior de temas.

Depois de um ano hospedada no wordpress, decidi que era hora de investir no blog e acabei hospedando ele com outras empresas. Atualmente o A Series Of Serendipity está hospedado com a empresa e-consulters. Ela oferece diversos planos de suporte para blog e o valor que você ira investir vai depender do “tamanho” do seu blog. Estou bem satisfeita com os serviços  e sempre que precisei de ajuda eles responderam rapidamente via twitter.

5. Divulgação:

Crie redes sociais para divulgar o seu blog: twitter, facebook, tumblr, instagram… Quanto mais formas de divulgar o seu conteúdo, melhor.

A divulgação é importante, mas muito cuidado. Sair comentando “oi, adorei o post! Visita o meu blog www.meublog.com.br” não é nem um pouco legal e algumas pessoas podem ficar chateadas e te bloquear. Faça comentários interessantes em blogs com conteúdos similares, lance sorteios (isso acaba atraindo a atenção das pessoas), faça parte de grupos em que é possível conhecer mais pessoas e mais blogs etc.

Ah! Também não é legal falar no twitter “segue que eu sigo de volta?”. Lembrem-se disso! É muito mais legal ter pessoas que te seguem no twitter porque te acham interessante do que saber que só te seguem para ser seguidas de volta. (o mesmo vale para o blog e outras redes sociais)

6. Publicidade:

Caso você tenha interesse em abrir espaço para publicidade no seu blog é necessário montar um mídia kit – um arquivo que contém algumas informações sobre o blog como tipo de conteúdo, números de acesso, público etc. e tipos de publicidade que você aceita, como banner e post patrocinado, por exemplo, e seus valores.

Atenção! Não é porque você está precisando de dinheiro ou querendo ganhar produtos que você vai aceitar e falar bem de tudo que te mandarem. Seja sempre sincera(o) quando for falar de algo e nunca esconda dos leitores quando algum conteúdo for publicitário (você pode fazer isso por tag ou no texto, por exemplo).

7. Cuidados especiais:

* Cuidado com os erros de português! Se possível peça para alguém revisar os seus textos.

* Crie o seu conteúdo! Não copie/cole de outros sites. Caso encontre algo interessante feito por outra pessoa, não esqueça de citar a fonte. Isso é muito importante.

* Sempre que usar alguma imagem no seu blog, cite a fonte. Infelizmente muitas vezes encontramos fotos/imagens sem os devidos créditos no tumblr e no weheartit, mas não custa nada colocar “fonte: we heart it”, por exemplo. Pode ser que o seu leitor saiba quem tirou a foto e te avise nos comentários para que você possa editar o post dar os devidos créditos (é o que se espera de uma pessoa ética).

* Siga um padrão nas fotos e vídeos usados no post. Coloque sempre do mesmo tamanho para que tenha uma harmonia.

* Organize o conteúdo do seu blog em categorias e tags. Sempre que criar uma categoria nova, avise no post e explique do que se trata.

* Não fique sem atualizar. Claro que, dependendo da época, é difícil manter uma rotina de atualizações, mas tente atualizar com uma frequência de pelo menos 3 vezes por semana. No seu tempo livre prepare posts para não ter o risco de abandonar o blog na semana de provas, por exemplo.

* Cuidado com o que você mostra da sua vida. Você não precisa expor tudo no blog e nas redes sociais. Lembre que uma vez que você publicou algo na internet, dificilmente vai conseguir “apagar”. Tem um vídeo muito interessante e bem feito que mostra isso. Clique aqui pra ver!

Seja atenciosa(o) com os leitores. Tente tirar as suas dúvidas e retribuir o carinho.

* Crie um e-mail pra contato profissional do blog. Assim fica mais fácil de se organizar e você não mistura assuntos do colégio com assuntos do blog.

 

Pessoal, um conselho especial que eu quero dar é que não criem o blog apenas pensando em ficar famosas(os) a ganhar dinheiro. O reconhecimento (tanto pessoal quanto financeiro) vem com o tempo e com a dedicação. Quando criei o A Series Of Serendipity o meu único objetivo era compartilhar minhas fotos (algo que faço com amor) e com o tempo ele foi crescendo e se tornando não só o meu hobby, mas também um trabalho :)